Desde o início de sua trajetória a Volvo posiciona seus veículos como os mais seguros e estáveis da categoria. Ela foi pioneira no desenvolvimento de tecnologias que priorizassem esses atributos e com base nessa premissa desenvolveu soluções inovadoras que salvaram milhares de vidas como o sinto de 03 pontas criado em 1959 e a cadeira de proteção para crianças voltada para retaguarda em 1972.

A oferta de valor da Marca neste caso está centrada principalmente no atributo de segurança para o condutor e seus passageiros. Este valor é percebido por seu público-alvo tanto que em alguns anúncios da Volvo encontra-se uma família segura e tranquila no interior de seus veículos. Esse aspecto é tão presente na mente de seus consumidores que rivais como BMW e Audi não conseguiram copiar facilmente este posicionamento.

Realizando uma analogia simplista entre a entrega de valor da Volvo e o papel estratégico da área de Tecnologia da Informação percebe-se que ambas são responsáveis por conduzir de forma segura as suas operações. A história reforça que ao longo dos anos a TI tem se reinventado para suportar as “guinadas” que as organizações precisam dar para manterem-se competitivas no mercado.

As novas tecnologias trazem uma enxurrada de oportunidades e também muitos desafios no cotidiano dos gestores e, nesta velocidade, as Operações de TI precisam ser as mais estáveis e seguras da “categoria”, pois o que está em jogo muitas vezes é a “vida” do Negócio.

E os seus sistemas estão preparados para dar suporte às próximas curvas?

Gostou do post? Clique abaixo e compartilhe nas redes sociais!

Escrito por Joana Faller