Em tecnologia, bug é o termo usado para se referir a algum erro, seja ele de software ou de hardware. Estes bugs em sistema podem causar comportamentos inesperados, perdas de desempenho e até de dados.

Geralmente, são erros no código do sistema, que, por algum motivo, deixaram de ser tratados no momento de desenvolvimento do software. Eles devem ser observados de perto, e são sempre motivos de preocupação de empresas desenvolvedoras, principalmente se a falha interferir diretamente no negócio de quem usa estes sistemas.

Sabe o que fazer com relação aos bugs em sistema? Não? Então, confira as dicas a seguir!

Identifique os problemas logo no início

A maioria das pessoas acreditam que estes erros sejam provenientes de codificação mal escrita, de erros de código ou de lógica de programação. Entretanto, a maior parte dos possíveis bugs em um sistema pode ser corrigida no momento da criação do projeto, analisando e documentando o que cada parte do sistema poderá fazer, identificando e corrigindo possíveis problemas.

Dedique tempo na elaboração do software

Pode parecer complicado, mas quanto mais tempo for dedicado na estruturação e na análise de um projeto, mais tempo pode ser economizado no final. Encontrar as falhas em um projeto ainda na fase de desenvolvimento pode fazer toda a diferença. Segundo Ron Patton (autor do livro Software Testing), a maioria dos bugs acontecem na especificação, ou seja, na concepção do software.

Apesar de soar estranho para alguns, é nessa etapa que coletamos informações sobre o software e definimos qual será sua função e quais os seus objetivos, portanto, para a equipe desenvolvedora, faz todo sentido que seja esta a parte mais crítica no desenvolvimento de um projeto.

Teste sempre que possível

Ter uma equipe de teste é muito importante para garantir a qualidade do software — realizar testes periodicamente ajudará a encontrar erros no sistema e suas possíveis causas. Alguns podem ser realizados pelos próprios desenvolvedores “debugando” o sistema e realizando testes unitários.

A grande questão é que a equipe de desenvolvimento está focada na criação do sistema e muitas vezes acaba ficando com o olhar viciado e deixando alguns erros passarem despercebidos. Aí entra a equipe de testes, agindo próxima aos programadores e realizando as correções em tempo real.

Invista em Qualidade

Desenvolvimento de software é coisa séria — alguns estudiosos dizem que o sucesso do seu negócio depende da gestão e das ferramentas que são utilizadas neste processo. Muitas vezes pode ser difícil ter uma equipe só para testar e reportar possíveis bugs. Nestes casos, contrate uma empresa que possa auxiliar na investigação e nos testes de qualidade do software.

Estas empresas podem realizar todo o processo de testes, fazendo com que sua equipe fique totalmente focada no desenvolvimento e nas correções que forem sendo reportadas.

Bons projetos resultam em bons softwares. Mesmo assim, alguns bugs em sistema podem acontecer, portanto, avaliações devem ser realizadas durante todo o processo de desenvolvimento para minimizar os possíveis problemas.

Quer saber mais sobre identificação de bugs? Não perca tempo e Entre em contato conosco!

Escrito por Cristiano Baumgartner