Ser gerente de projetos de TI é uma das funções mais desafiadoras do mercado. Muitas vezes, cai sobre o gestor a responsabilidade sobre as falhas de sua equipe e qualquer erro que esteja no produto final. Ao mesmo tempo em que se espera um trabalho de alta qualidade, é necessário cumprir prazos apertados e ter um bom controle sobre a sua equipe.

Por causa da grande pressão da chefia, o gerente de projetos está sempre buscando formas de tornar a execução de projetos mais dinâmica. No entanto, ao tentar essas soluções sem a execução adequada, pode-se acabar causando mais falhas nos projetos. Confira neste post cinco formas de prevenir falhas nos seus projetos de TI!

Falha 1: Aplicar mal as metodologias de desenvolvimento

Uma das maiores tendências no desenvolvimento de TI hoje é o uso de metodologias de desenvolvimento ágeis. Com a promessa de maior dinamismo e menos rigidez nos planejamentos, usar uma metodologia ágil é uma ótima alternativa para os gerentes de projetos. No entanto, se aplicá-las de forma errada, isso aumenta o número de falhas nos projetos ao invés de aumentar a qualidade dos produtos.

O principal componente desse tipo de metodologia de desenvolvimento é a adaptação às mudanças e o contato maior com o cliente, com uma entrega frequente de atualizações. Para ela ser aplicada de forma efetiva, precisa ser feito um planejamento estratégico e um esforço de mudança nas ações cotidianas da equipe.

Falha 2: Planejar excessivamente ou planejar muito pouco

O planejamento adequado é a chave para o sucesso de um projeto. Nesse ponto é que se determinam os objetivos, prazos e a delegação de tarefas dentro da sua equipe. O grande desafio do planejamento é conseguir chegar ao ponto ideal entre uma planificação excessiva e um projeto mal definido.

Um planejamento excessivo, além de gastar muito tempo inicialmente, pode causar frustração e ser trabalho desperdiçado, dependendo da necessidade de mudar o projeto. Por outro lado, ter muitas coisas em aberto pode deixar o projeto sem um ponto norteador, causando atraso e queda na qualidade do produto final.

Falha 3: Administrar mal o tempo

O tempo é de extremo valor em um projeto de TI, especialmente quando os prazos exigidos são cada vez menores. Para gerenciar melhor o seu tempo e o da sua equipe, você precisa estabelecer uma rotina, com prazos bem demarcados para entrega de partes do projeto.

Há diversas formas de manter o controle sobre o projeto, como reuniões curtas e diárias com a equipe ou relatórios de cada membro das atividades realizadas no dia. Desse modo, é possível ter um controle maior sobre o que está sendo feito e minimizar os atrasos.

Falha 4: Realizar testes inadequados aos projetos de TI

Quando se pensa em aumentar a qualidade de um projeto, implantar testes automatizados é uma das primeiras ações a vir à mente. Mas não é todo tipo de teste que se encaixa em todo projeto, então se deve pensar bem sobre como eles podem contribuir para melhorar o produto final.

Muitos gerentes de TI começam a realizar testes e, por não ter experiência no assunto, não encontram melhoras expressivas em seus projetos. É necessário capacitar a sua equipe para fazer aqueles que agreguem valor ao projeto ou contratar um serviço especializado. 

Falha 5: Desconsiderar o outsourcing de certas partes do projeto

A falta de membros na equipe é uma das reclamações mais comuns entre os gerentes de projetos. Em uma época em que se está buscando reduzir gastos ao máximo, uma das melhores alternativas para obter uma mão de obra especializada é realizar o outsourcing de tarefas secundárias.

Um dos melhores exemplos do que pode ser terceirizado dentro da sua equipe é o planejamento e execução de testes. Assim, você pode obter mais rapidez na execução do projeto, reduzir os custos de capacitação da sua equipe e aumentar a qualidade do produto.

Gostou das nossas dicas? Tem mais alguma coisa que você considera essencial para prevenir falhas? Comente nesse post!

Escrito por Testing Company