58944-plano-de-contingencia-aprenda-como-criar-o-seu

Você sabe o que é um plano de contingência? Confira no post abaixo a importância dessa estratégia e como criar a sua!

Para todos os lados que olhamos em nosso cotidiano vemos tecnologia. Na hora de nos comunicar, nos informar, nos entreter e, é claro, trabalhar, usamos quase sempre equipamentos eletrônicos e digitais. Porém, essa onipresença da tecnologia está longe de não apresentar falhas.

De maneira recorrente, seja por causas naturais, técnicas ou humanas, máquinas e softwares param de funcionar ou agem de maneira indevida, causando problemas para a produtividade de uma empresa. Para estar preparado nessas ocasiões, lançar mão de um plano de contingência é a melhor maneira para mitigar possíveis danos causados por esses erros.

1. O que é um plano de contingência?

Em poucas palavras, é um documento onde estão listados todos os procedimentos a serem tomados frente a uma emergência ou imprevisto, além de conter informações relevantes sobre os sistemas envolvidos. É um plano de ação que objetiva resolver da maneira mais rápida possível situações adversas dentro de uma organização.

Geralmente esse plano é desenvolvido por uma equipe interna da empresa com expertise necessária para antecipar ocorrências dessa natureza e ter em mente quais as melhores ações a serem tomadas.

2. Qual a sua importância?

Cenários negativos envolvendo a área de TI de uma companhia podem causar diversas ocorrências como perda de dados, paralisação do sistema, fraudes e gasto excessivo de dinheiro. Uma das principais importâncias do plano de contingência é ter o poder de diminuir os impactos causados e colocar a empresa a todo vapor novamente no menor tempo possível.

Outro aspecto significativo em ter essa “carta na manga” é poder recuperar grande parte de arquivos que possam ter sido corrompidos por vírus ou roubados por hackers mal intencionados.

3. Como montar um plano de contingência?

Vários pontos tem que ser levados em consideração na hora de montar um bom esquema para se precaver e dar mais segurança a seus sistemas. Fique atento a alguns deles.

3.1. Organize uma equipe

O primeiro passo é estruturar um grupo de profissionais responsáveis pela gestão de crise. Essa equipe deve ter habilidades e ferramentas necessárias para poder criar uma boa estratégia e conseguir colocá-la em prática.

O gerente operacional e o gerente de processamento de dados estão entre as pessoas mais recomendadas para encabeçar esse comitê, pois podem avaliar melhor o que foi perdido e como recuperá-lo.

3.2. Faça reuniões com os líderes de cada setor

É preciso que toda a empresa esteja integrada e ciente do plano de contingência. Cada setor deve ter pleno conhecimento do conteúdo do programa e ter consciência que a cooperação é primordial para a boa execução do plano.

3.3. Realize testes frequentes do sistema

Não há maneira melhor para ter certeza da eficiência de um sistema do que colocá-lo à prova. Dessa forma, em um ambiente seguro e gerenciável, você pode ver na prática o que funciona e o que pode ser melhorado tanto em sua estrutura quanto em seu plano de contingência.

Contar com empresas parceiras que possuam experiência e soluções direcionadas para testar a segurança e qualidade de seus aplicativos e softwares, além de apontar quais as melhorias a serem realizadas, pode trazer muitos benefícios para sua organização.

3.4. Prepare um documento

Servirá como um guia para a tomada de decisões diante de uma emergência e quais serão os procedimentos a serem realizados. Deve ser elaborado pela equipe de gestão de crise e ser aprovado pelo alto escalão da empresa.

Para que não fique defasado ou deixe de incluir mudanças no decorrer da evolução da empresa, esse documento precisar ser atualizado constantemente.

3.5. Determine prioridades de ação

Sempre há arquivos e documentos mais importantes ou que sejam basilares para o funcionamento de um sistema. Estabelecer hierarquias de importância também ajuda a manter o plano mais organizado e mais eficiente em seu objetivo.

Criar um plano de contingência para sua empresa deixa você, sua empresa e todos os seus funcionários mais protegidos com relação a segurança da informação e cria condições mais favoráveis de recuperação até na pior das situações.

Tem mais dicas sobre como elaborar um plano de contingência? Conte para a gente nos comentários do post!

Escrito por Testing Company