retrabalho-sera-que-ele-esta-impactando-na-produtividade-da-minha-empresa

Quanto o retrabalho impacta na produtividade da sua empresa? Essa é uma dúvida que muitos gestores possuem.

Basicamente, retrabalho é precisar refazer algo que foi produzido com defeito. Quando isso ocorre, o produto “defeituoso” necessita passar novamente por determinadas etapas do processo, como neste exemplo abaixo no desenvolvimento de software:

  • O suporte recebe um chamado referente a um defeito que precisa ser corrigido;
  • O analista verifica qual o problema identificado;
  • O desenvolvedor realiza a correção;
  • A parte refeita é reavaliada e colocada em produção novamente.

Esse ciclo, além de causar desperdício e consumo excessivo de horas, pode também impactar na qualidade do produto entregue aos clientes, principalmente quando erros são detectados em produção.

Em algumas situações, falhas mais críticas podem causar desde pequenos atrasos no cronograma até o cancelamento total de projetos.

Diante do cenário exposto, o retrabalho deve ser um dos principais indicadores que as empresas devem controlar, pois impactam diretamente nos custos financeiros, prazos e Confiabilidade das aplicações. Mas como fazer isso?

Acompanhe algumas dicas importantes a seguir:

Identifique o percentual de retrabalho

Estudos apontam que o retrabalho nas organizações pode consumir de 40% a 50% do total gasto em um projeto. Em nossas Avaliações da Qualidade já trabalhamos com empresas que possuíam em torno de 35% de retrabalho no processo de desenvolvimento.

Então, encontrar formas de medir o percentual de retrabalho que a empresa está gerando é o primeiro passo para que seja possível atuar na sua diminuição. É preciso criar um marco que servirá como ponto de partida para iniciar o monitoramento.

E como atuar na sua diminuição? Um dos meios é Controlar a Qualidade no processo de desenvolvimento de produtos de software.

Defina uma meta a ser atingida

Sabe-se que os custos com retrabalho aumentam à medida que as etapas de desenvolvimento evoluem. Portanto, definir uma meta de redução a ser atingida é essencial.

Caso tenha sido identificado que a sua empresa possui um índice de 40% de retrabalho, por exemplo, pode-se estabelecer chegar a um percentual de 30% inicialmente, e assim sucessivamente.

Em tempo, essa redução pode ser convertida como lucro para a empresa através da melhor utilização de recursos, maior produtividade, etc. E isso é uma bela motivação.

Planeje ações a serem realizadas

Após definir a meta a ser alcançada é hora de colocar um plano de ação em prática e monitorar o esforço despendido para corrigir defeitos pode ser a primeira tarefa.

Lembre-se, se a sua empresa está tendo problemas com a Qualidade as consequências geralmente impactam na:

  • Motivação da equipe;
  • Satisfação dos clientes;
  • Velocidade e produtividade do desenvolvimento.

Por esse motivo, identificar defeitos previamente e as suas causas é uma forma de diminuir o desperdício gerado pelo consumo de recursos valiosos empregados no esforço para a correção dos mesmos.

Assim sendo, ao contrário do que se possa imaginar, o Processo de Teste não deve ser considerado como gargalo ou desperdício e sim como uma etapa importante para a evolução de produtos de software.

Precisa de apoio para reduzir o retrabalho da sua empresa?

Entre em contato conosco, pois este é um dos benefícios oriundo das nossas soluções.

Escrito por Cristiano Baumgartner